Zumbido no ouvido: Causas, Cuidados e Tratamento

Quer ficar sabendo mais sobre o assunto? Então acompanhe este artigo!

Por Eliene Alves Lacerda Neves dia em Blog

Zumbido no ouvido: Causas, Cuidados e Tratamento
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

 

Você já ouviu falar em acúfeno? Trata-se daquele famoso e mais comum do que se pensa, zumbido no ouvido, também chamado de tinido e que lembra o zumbido de uma abelha, barulho de apito, chiado, sirene, entre outros ruídos contínuos. Frequentemente, esse tipo de problema é associado à perda auditiva, considerado como o terceiro sintoma que mais causa incômodo nas pessoas ao redor do mundo.

A American Public Health Agency divulgou em uma recente pesquisa que, aproximadamente 24% da população sofra com essa sensação auditiva, o zumbido no ouvido. Especificamente no Brasil  o problema atinge até 28 milhões de pessoas sofrendo desse sintoma tão incômodo.

A sensação de quem está sofrendo com zumbido no ouvido é de que está, frequentemente recebendo estímulos sonoros externos persistentes. Porém, o som que a pessoa escuta são impulsos do próprio ouvido, que não estão sendo causados por nenhuma fonte sonora externa. Quando ocorre essa sensação as pessoas tendem a sentir bastante irritabilidade, dificuldade para dormir, para se concentrar, além do equilíbrio que também pode ser afetado.

O zumbido no ouvido pode acontecer por conta de perda auditiva, porém existem ainda uma série de fatores que podem estimular esse tipo de problema, como alergias, inflamação no ouvido médio, exposição a sons acima de 85 decibéis de maneira prolongada, diabetes, problemas na coluna cervical, doenças neurológicas, odontológicas e ainda, musculares, que estão localizadas na região da cabeça e do pescoço. Além disso, algumas alterações hormonais também podem estar ligadas ao problema, da mesma maneira que perdas auditivas comuns.

Estou com zumbido no ouvido? o que fazer?

Zumbido no ouvido: Causas, Cuidados e Tratamento

Se você tem sentido a sensação de escutar esse tipo de barulho incômodo, o zumbido no ouvido, saiba que existem alguns tipos de cuidados e tratamentos possíveis para aliviar esse tipo de sintoma, que podem agravar ainda mais em ocasiões de silêncio.

Uma dica é procurar um médico especialista, como otorrinolaringologista, dentistas, fonoaudiólogos, entre outros que possam estar envolvidos em uma equipe multidisciplinar para obter um diagnóstico confiável e seguro. No consultório do profissional, serão realizadas algumas técnicas para identificar a origem do incômodo barulho, que pode afetar a vida da pessoa de maneira bastante grave, atrapalhando seu trabalho, estudos e até mesmo o seu bem estar.

Diversos tipos de tratamentos podem ser propostos, caso você esteja sofrendo com o sintoma de zumbido no ouvido. Entre eles, a utilização de aparelhos auditivos com gerador de som para compensar a perda auditiva e proporcionar alivio ao zumbido. Para maiores informações sobre esses aparelhos auditivos entre em contato conosco. Entre outros tratamentos possíveis, estão medicamentos ansiolíticos que podem deixar a pessoa menos tensa, auxiliando a controlar melhor o desconforto causado pelo som persistente.

A terapia comportamental e enriquecimento sonoro também pode ajudar a fazer com que a pessoa tenha forças para ignorar ou amenizar o incomodo e com o tempo fazendo com que ele suma. Isso porque o som pode não estar sendo causado pelo ouvido, mas por má circulação sanguínea entre outros motivos.

Não fique sofrendo! Procure ajuda médica e resolva o seu problema de zumbido no ouvido junto ao profissional da saúde.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Zumbido no ouvido: Causas, Cuidados e Tratamento

Enviando Comentário Fechar :/

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar:

X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!